Moradores e usuários manifestam contra acidentes na BR-040

Moradores e usuários manifestam contra acidentes na BR-040

Movimento SOS BR-040, com o apoio do deputado Fred Costa, realizou protesto contra a falta de segurança que tem causado uma série de acidentes, inclusive com vítimas fatais.

No último dia 5 de janeiro, o Movimento SOS 040 realizou uma manifestação, na Sede do Monumento Natural Estadual Serra da Moeda, em protesto aos elevados índices de acidentes na região. Estiveram presentes moradores de bairros de condomínios dos municípios de Nova Lima, Itabirito, Brumadinho, Conselheiro Lafaiete e Belo Horizonte, além de usuários da rodovia que levaram cruzes simbólicas, em lembrança às vítimas dos acidentes, em função do descaso por parte da concessionária responsável pela rodovia federal.

Na oportunidade, os manifestantes fizeram uma homenagem à Polícia Rodoviária Federal pela instalação de três novos radares nas proximidades da perigosa curva do Km 567,5, mas também foi solicitada a redução da velocidade máxima permitida, de 80 para 60 km/h.

Também esteve presente Fred Costa, deputado federal eleito, que se destacou nos últimos anos pela insistência na cobrança por melhorias na BR-040 e na fiscalização do cumprimento do contrato de privatização. “A tarifa do pedágio é cobrada desde o segundo semestre de 2015, mas ainda nem sequer se iniciaram as intervenções que realmente evitarão fatalidades – a duplicação da pista e a instalação de muretas divisórias. Lamentavelmente quem paga o preço por essa irresponsabilidade somos nós, cidadãos e contribuintes. Pagamos tanto com o nosso dinheiro, nas praças de pedágio, quanto com o risco de nossas vidas”, disse o parlamentar.

Após o então deputado estadual realizar Audiências Públicas na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e diversas reuniões exigindo uma atitude, a concessionária Via-040 realizou em 2017 e 2018 intervenções paliativas para resolver os problemas de drenagem e aquaplanagem, bem como a instalação de tachinhas luminosas (olhos de gato). Agora, em Brasília, Fred Costa terá um maior poder de ação junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), e estabelece como meta uma nova licitação, que seja mais favorável aos moradores da região, motoristas e usuários da rodovia. “Buscaremos pela relicitação da rodovia. Queremos um contrato mais justo, impondo o início imediato da duplicação no trecho Nova Lima-Lafaiete, bem como uma empresa mais interessada em cumprir com os deveres acordados”, disse Fred Costa.

Previous Prefeitura anuncia cronograma de obras para melhorar trânsito no Vila da Serra
Next Pressão resulta em obras paliativas na BR-040